CANAIS DIRETO DE ATENDIMENTO

1 Envie seu e-mail pelo formulário de contato. Clique aqui!
2 Atendimento por telefone.
(83) 33412299
3 Chat on-line.
Clique aqui!

Antes de entrar em contato recolha todos os dados necessários da sua dúvida. Agradecemos seu contato!

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Seg. à Sex. de 08h às 12h e 13h às 17h.
Sábados, Domingos e Feriados toda solicitação deverá ser enviada pelo e-mail contato@enlije.com.br.

EFETUOU CADASTRO E ESQUECEU SUAS CREDENCIAIS?

EFETUOU CADASTRO E ESQUECEU SUAS CREDENCIAIS?

Minicursos

A inscrição em Minicurso é específica e intransferível; cada participante poderá escolher até três minicursos, desde que ainda haja vagas. Para tanto, deverá inscrever-se no campo Minicurso dentro da área do congressista ou no formulário de inscrição. Para participar dos minicursos é obrigatório o pagamento.
Os minicursos terão valor de R$ 20,00 cada. Período de inscrição de 05 de maio de 2014 a 31 de julho de 2014.


Abordar algumas obras infantis das autoras EloiseGreenfield e Maya Angelou, no intuito de apresentar uma nova abordagem, em relação às temáticas canônicas da Literatura Infantil, com vistas a estabelecer a discussão de ações afirmativas e ensino.

Ministrante: Profa. Ma. Monaliza Rios Silva
Data: Quinta e Sexta Feira 08h-9h45
Carga Horária: 03h 30m

Vagas: 17
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

Neste minicurso, pretende-se abordar, por meio de reflexões teóricas e experiências práticas, a leitura expressiva de textos literários, atrelada à expressão vocal e corporal como um possível recurso metodológico para o estabelecimento do contato com o texto literário na sala de aula, em contraste a uma abordagem informativa por vezes presente no ensino de literatura. Quando um texto é experimentado na voz pelo sujeito, o corpo é convidado a se engajar no ato da leitura: se, por um lado, o ritmo do texto e a materialidade das palavras podem afetar a respiração, reverberar sentidos, aguçar a percepção sensorial, por outro, a própria voz pode abrir novas trilhas para a compreensão analítica do texto. Tem-se o propósito, neste minicurso, portanto, de estudar relações entre leitura literária, vocalidade poética e performance e de experienciar a escuta do corpo no ato da leitura, experimentando suas provocações sonoras e, ainda, explorando o que a potencialidade da voz pode produzir de poeticidade no próprio movimento da voz e no encontro com o texto.

Ministrante: Profa. Dra. Eliana Kefalás Oliveira
Data: Quinta e Sexta Feira 08h-9h45
Carga Horária: 03h 30m

Vagas: 17
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

Estudo da narrativa de Julio Cortázar com ênfase em dois momentos de sua carreira, estabelecendo um vínculo entre as profissões de professor e tradutor com sua escrita ensaística e seus textos de ficção.

Ministrante: Dra. Maria Luiza Teixeira Batista
Data: Quarta-Feira 14h30-17h30
Carga Horária: 03h00

Vagas: 17
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

Este minicurso busca não somente discutir sobre a relação entre a literatura e o cinema, hoje tão trabalhada, mas também, se propõe a apresentar caminhos para o ensino da literatura no âmbito da formação de professores de línguas estrangeiras. Assim, em um primeiro momento, serão discutidos os principais aspectos teóricos dessa relação para, em seguida, trabalharmos em grupo as possíveis relações intersemióticas, enfatizando-se aspectos importantes do ensino da literatura.

Ministrante: Profa. Dra. Josilene Pinheiro-Mariz e Prof. Ms. Nyeberth Emanuel Pereira dos Santos
Data:Quarta-feira 14h30-17h30
Carga Horária: 03h00

Vagas: 15
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

O ensino de literatura na educação básica é um grande desafio para os professores. Uma das razões é a dificuldade em conjugar saber e prazer. Sem essas duas dimensões a experiência estética com o literário perde muito de sua eficácia e sentido. Nossa proposta consiste numa oficina de criação poética que parte da leitura em sala de aula de poemas de autores brasileiros contemporâneos. O objetivo é motivar os participantes a produzirem o seu próprio poema e, assim, aproximá-los de maneira diferenciada do texto poético. Dividida em seis etapas, a oficina se propõe a mudar a postura diante da criação poética, encarando-a como uma prática eminentemente intertextual, que demanda criatividade e labor. Ao fim da oficina, o ministrante apresentará os fundamentos teóricos que estruturam cada uma das suas etapas.

Ministrante: Prof. Dr. Fábio Cavalcante de Andrade
Data:Quinta-Feira 18h30 – 21h30
Carga Horária: 03h00

Vagas: 15
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

Análise e discussão de critérios de avaliação de algumas obras de autoras e autores brasileiros, publicadas entre 2003 e 2012. Buscaremos perceber como alguns autores em especial e, de forma mais geral, o mercado editorial brasileiro reagiram à implantação da lei nº 10.639 que tornou obrigatório o ensino de cultura e história afro-brasileira, africana e indígena nas escolas de ensino básico.

Ministrante: Profa. Dra. Ana Cristina Marinho Lúcio
Data:Quinta-Feira 18h30-21h30
Carga Horária: 03h00

Vagas: 15
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

O presente minicurso pautar-se-á nas literaturas infanto-juvenis afro-brasileiras e africanas contemporâneas (delimitando-se as angolanas e as moçambicanas), que visam à afirmação identitária negra, através dos seres ficcionais e dos espaços sociais nos quais tais seres são situados (África e/ou diáspora). Espera-se, por fim, aguçar o nosso olhar face às referidas produções, levando-se em conta o impacto da Lei Federal 10.639/03 para a área literária e, por conseguinte, para a educação brasileira como um todo.

Ministrante: Profa. Dra. Maria Anória de Jesus Oliveira
Data: Quinta-Feira 18h30 – 21h30
Carga Horária: 03h00

Vagas: 15
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é uma realidade na vida de professores e alunos no nível médio. Sua prova, além de seletiva para o ingresso de alunos nas Instituições de Ensino Superior é utilizada para medir desempenhos escolares ao fim da Educação Básica. O presente minicurso propõe-se a analisar duas dimensões deste exame: a produção textual e as questões de literatura. A caracterização da proposta de produção textual do ENEM, figura como indicativa de um novo uso do gênero dissertação, chamada pelo exame de texto dissertativo-argumentativo. Sobre a dimensão literária, pretende-se observar o que propõem as questões de literatura no ENEM a partir da análise de algumas questões e como essa proposta orienta a forma de abordagem do texto literário. Como essa mudança vem ocorrendo a partir das decisões do Ministério da Educação para as escolas, vemos que, alterou-se a forma de avaliar e selecionar, mas não houve um preparo efetivo para adaptação a esse contexto de transformações.

Ministrantes: Profa. Ma. Aluska Silva Carvalho e Profa. Ma. Samelly Xavier
Data: Quinta e Sexta Feira 08h-9h45
Carga Horária: 03h 30m

Vagas: 14
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

Estudo acerca dos perfis femininos apresentados sob a ótica da autora paraibana Marilia Arnaud. Tais personagens ora oscilam entre a tradição social amorosa, repleta de regras e uma moral sexual bem evidenciada; ora se mostram desprendidas de qualquer dogma, respeitando apenas a fidelidade ao desejo, de quem lhe é cativo.

Ministrante: Profa. Ana Patrícia Frederico
Data:Quinta-Feira 18h30 – 21h30
Carga Horária: 03h00

Vagas: 14
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

É papel da escola formar sujeitos leitores e autores da sua e de outras histórias. Todas as disciplinas devem promover o trabalho com a leitura e a escrita, pois ambas perpassam toda produção de conhecimento e sua reconstrução em todas as áreas e suas práticas pedagógicas. A leitura com variadas intenções e infinitas formas, a oralidade como fonte de comunicação, a produção escrita de autoria e análise e reflexão sobre a linguagem como resultado cultural. O professor é antes de tudo um mediador e como tal deve compreender e utilizar apropriadamente a linguagem, tanto a verbal como a não-verbal, assim será capaz de contribuir o para progresso dos educandos. Ler e escrever é lição de todo dia e de todas as áreas.

Ministrante: Profa. Dra. Patrícia Kátia da Costa Pina
Data: Quarta-Feira 14h30-17h30
Carga Horária: 03h00

Vagas: 13
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

Pesquisas recentes apontam que uma das maiores dificuldades do professor em sala de aula é como utilizar a literatura de cordel nas aulas de literatura. A principal dificuldade encontra-se no próprio desempenho oral e corporal do professor diante de tal texto literário. Outra dificuldade, não menos importante, é observada através da ausência de abordagens com o cordel. Por isso, o presente minicurso se propõe a discutir o uso do folheto na sala de aula, através de um trabalho em que o professor se porte como mediador, dialogando não apenas com outros gêneros literários, como também com outras artes.

Ministrantes: Prof. ARINÉLIO LACERDA JUNIOR e e Prof. Ms. HADOOCK EZEQUIEL
Data: Quarta-Feira 14h30-17h30
Carga Horária: 03h00

Vagas: 12
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

O minicurso de poesia encenada do Ariel Coletivo Literário tem como objetivo a realização da vivência textual, ou seja, a transformação do texto em um elemento “vivo”/significativo para o leitor e para o ouvinte através de técnicas de leitura dramática, de atuação, de sonorização, e de um trabalho corporal para liberação de emoções do leitor que, eventualmente, estejam representadas nos textos literários. Trabalharemos, além de alguns textos de literatura infanto-juvenil, com autores e textos que tratam das mais variadas temáticas. O público alvo do minicurso são professores de literatura, estudantes de licenciatura em Letras e áreas afins.

Ministrante: Profa. Ma. Camilla Melo, Micaela Sá, Profa. Ma. Thays Albuquerque
Data:Quinta-Feira 18h30 – 21h30
Carga Horária: 03h00

Vagas: 12
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

Há, no Brasil, documentos parametrizadores que propõem uma reflexão acerca das práticas pedagógicas para o ensino da literatura no nível médio. Eles sugerem um estudo da literatura a partir do contato com as obras literárias, com a finalidade de formar leitores crítico-reflexivos. Esses mesmos documentos recomendam a leitura de tragédias com os alunos. Então, pensando sobre a leitura de tragédias gregas, algumas questões nos vêm à mente: 1) é possível trabalhar uma tragédia grega em sala de aula?;2) de que modo os alunos vão receber esse texto?; 3) como fazer essa leitura com os alunos? Esse minicurso tem como objetivos discutir as possibilidades de se trabalhar com o texto clássico, mais precisamente a tragédia grega, na sala de aula; e elaborar atividades cuja finalidade seja despertar o interesse dos alunos para a leitura do texto trágico, de modo que seus horizontes possam ser ampliados e o objetivo do estudo da literatura no nível médio seja alcançado: formar leitores crítico-reflexivos, conscientes de seu papel de cidadãos na sociedade.

Ministrante: Profa. Ma. Viviane Moraes de Caldas
Data:Quinta e Sexta Feira 08h-9h45
Carga Horária: 03h 30m

Vagas: 11
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

Este minicurso busca realizar uma viagem pelo universo infantil de Arnaldo Antunes. Pretende-se tanto discutir aspectos relevantes dos seus livros e discos voltados para crianças, quanto analisar a representação da infância nos volumes pretensamente escritos para o público adulto. Como prática pedagógica, propõe-se fazer uma espécie de instalação com os poemas – uma forma de brincar com a palavra e dar-lhe suporte diferente do livro.

Ministrante: Prof. Dr. André Pinheiro
Data: Quinta e Sexta Feira 08h-9h45
Carga Horária: 03h 30m

Vagas: 6
Valor: R$ 20.00

Cadastrar

TOP

A wonderful serenity has taken possession of my entire soul, like these sweet mornings of spring which I enjoy with my whole heart. I am alone, and feel the charm of existence in this spot, which was created for the bliss of souls like mine.

I am so happy, my dear friend, so absorbed in the exquisite sense of mere tranquil existence, that I neglect my talents. I should be incapable of drawing a single stroke at the present moment; and yet I feel that I never was a greater artist than now.

When, while the lovely valley teems with vapour around me, and the meridian sun strikes the upper surface of the impenetrable foliage of my trees, and but a few stray gleams steal into the inner sanctuary, I throw myself down among the tall grass by the trickling stream; and, as I lie close to the earth, a thousand unknown plants are noticed by me: when I hear the buzz of the little world among the stalks, and grow familiar with the countless indescribable forms of the insects and flies, then I feel the presence of the Almighty, who formed us in his own image.

Duis dictum tristique lacus, id placerat dolor lobortis sed. In nulla lorem, accumsan sed mollis eu, dapibus non sapien. Curabitur eu adipiscing ipsum. Mauris ut dui turpis, vel iaculis est. Morbi molestie fermentum sem quis ultricies. Mauris ac lacinia sapien. Fusce ut enim libero, vitae venenatis arcu. Cras viverra, libero a fringilla gravida, dolor enim cursus turpis, id sodales sem justo sit amet lectus. Fusce ut arcu eu metus lacinia commodo. Proin cursus ornare turpis, et faucibus ipsum egestas ut. Maecenas aliquam suscipit ante non consectetur. Etiam quis metus a dolor vehicula scelerisque.

Nam elementum consequat bibendum. Suspendisse id semper odio. Sed nec leo vel ligula cursus aliquet a nec nulla. Sed eu nulla quam. Etiam quis est ut sapien volutpat vulputate. Cras in purus quis sapien aliquam viverra et volutpat ligula. Vestibulum condimentum ultricies pharetra. Etiam dapibus cursus ligula quis iaculis. Mauris pellentesque dui quis mi fermentum elementum sodales libero consequat. Duis eu elit et dui varius bibendum. Sed interdum nisl in ante sollicitudin id facilisis tortor ullamcorper. Etiam scelerisque leo vel elit venenatis nec condimentum ipsum molestie. In hac habitasse platea dictumst. Sed quis nulla et nibh aliquam cursus vitae quis enim. Maecenas eget risus turpis.